16/02/2008

Finalmente um gestor português

Lembro-me de ter lido, há alguns meses atrás, na "Visão", uma extensão entrevista a Henrique Granadeiro, actual responsável máximo pela Portugal Telecom. E lembro-me por uma razão muito simples: o seu discurso era directo, incisivo e mostrava ideias. Não se trata de um mero gestor, trata-se de um homem de visão. E, hoje, ao ler um jornal matutino tive mais uma confirmação da pertinência deste feeling.

Acontece que, pelo terceiro ano consecutivo, os salários da Portugal Telecom vão ser congelados, tendo em vista a contenção de custos excessivos. Mas, ao contrário do que acontece na maior parte das empresas, os congelamentos não acontecerão aos mais necessitados. Acontecerão sim nos ordenados nos executivos de topo, dos quadros, ou seja, de todos aqueles que auferem mais de dois mil euros por mês.

Além desta medida de congelamento dos ordenados dos quadros superiores, a administração da PT está também a proceder a cortes nas regalias dos dirigentes, nomeadamente no que diz respeito à aquisição de automóveis de luxo e outros gastos desnecessários.

Henrique Granadeiro e os seus pares parecem perceber aquilo que o tipico empresário português não percebe normalmente: que a saúde financeira da empresa que dirige, bem como a sua competitividade e a igualdade entre trabalhadores, são bem mais importantes do que as aparências e a ostentação. Até que enfim que imitamos os estrangeiros em alguma coisa positiva.

4 comentários:

Higino disse...

Mas o que são 2000 euros por mes hoje em dia,Luís? Isto num plano meramente teórico! 1 abraço

Margarida disse...

2000 euros por mês é muito dinheiro, se tivermos em conta que há pessoas a ganhar o ordenado minimo e a trabalhar, claramente, so para pagar contas!
Não é muito, é verdade!Acredito que isso devia ser praticamente o salário de qualquer pessoa que fosse qualificada para o que faz..anyway!, tenho que concordar contigo, Luis.
Finalmente haja resultados. E se isto fosse exemplo, seria tão melhor...
Mas vá, continuemos todos a acreditar que a economia vai melhorar!(Se ainda restar fé para isso...)

Margarida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O das Caldas disse...

Só hoje verifiquei que o meu blog está no armário dos amigos por isso, mais um grade abraço.